Página inicial

Frank Sherman Land


Frank Sherman LandFrank S. Land, nasceu em 21 de junho de 1890 em Kansas City, Missouri, Estados Unidos da América. Quando ele tinha dois de idade, seu pai mudou-se com a família para St. Louis. A Escola Dominical da Igreja Congregacional de Fountain Park, em St. Louis, proporcionou meios para a sua primeira inclinação de conquistas e distinções. Ele foi presenteado com uma Bíblia congregacional por frequentar a Escola Dominical por dez anos consecutivos, Bíblia esta que mais tarde seria utilizada pelos primeiros DeMolays em seus juramentos.

O interesse de Frank pela Escola Dominical começou em sua idade escolar, quando instituiu uma Classe à tarde, no porão de sua casa. A Classe foi tão interessante e popular que atraiu jovens de toda a redondeza, e lhe proporcionou o título de “O Menino Ministro de St. Louis”.

A Escola Dominical da tarde obteve o auxílio de diversas pessoas. Uma firma atacadista de remédios doou Órgão e logo, uma vizinha se ofereceu para tocar o Órgão. Professores das Escolas Dominicais auxiliavam o “Menino Ministro”, que assim alcançar um grande número de jovens que não frequentavam as classes matinais.

Frank S. Land pregava aquilo que desejava, o essencial de uma vida correta, uma filosofia que sua mãe o havia incultado.

Em Kansas City ele completa seus anos escolares e tomou parte ativa nas atividades da Igreja, assim como as atividades cívicas de sua cidade. Quando atingiu 19 anos, havia se tornado gerente de um restaurante de sucesso.

Na idade de 21 anos, tornou-se Presidente da Liga Municipal de sua cidade, nessa idade ele recebeu um presente de sua mãe, que era o dinheiro necessário para que ele iniciasse na Maçonaria, pois seu avô também havia sido maçom.

Frank S. Land era muito ativo na maçonaria e com 25 anos de idade foi nomeado Diretor do Bureau de Serviços Sociais do Supremo Conselho Mãe do Mundo do Rito Escocês Antigo e Aceito da Maçonaria (Jurisdição sul dos EUA).

Três anos mais tarde, a semente do movimento jovem deu frutos e a Organização cresceu vertiginosamente.

Ele foi agraciado com o Grau 33 da Maçonaria (Rito Escocês Antigo e Aceito), na idade de quase sem precedentes de 35 anos. Seis anos depois foi eleito Grão-Mestre da Grande Loja do Missouri. Em 1954 foi premiado com a primeira Medalha Internacional de Ouro do Real Arco, pelo Grande Capítulo Geral dos Maçons do Real Arco (Rito York).

Frank Land foi Diretor, consignatório e membro de inúmeras Diretorias e Conselhos. Ele ocupou dois Doutorados Honorários e foi presidente da Escola de Kansas City por ocasião de sua morte, em 08 de novembro de 1959. Foi designado Cidadão Extraordinário em uma homenagem Oficial pelo então presidente dos Estados Unidos da América, o General Dwight D. Eisenhower, em 1958. Ele era afetuosamente conhecido como “Dad” (abreviatura carinhosa para Pai em inglês) Land, por cada um dos DeMolays.

Sua morte foi repentina e um choque para o mundo inteiro, pois “Dad” Land era uma pessoa que havia sido reconhecido como “líder entre os líderes”. Ele foi para o hospital após um resfriado que agravou a antiga artrite que lhe incomodava a vários meses. Cinco dias mais tarde ele faleceu como resultado de um edema pulmonar.

Seu funeral foi acompanhado por mais de 1.000 pessoas. Homens, mulheres e, principalmente, jovens, que tiveram suas vidas dignificadas pelo honroso trabalho de Frank S. Land, nos excelsos princípios que aprenderam no Altar de seus Capítulos.

Ele deu ao mundo uma fonte palpável, na Ordem DeMolay, de criar fraternidade entre os homens, durante os anos de formação. Assim o Tio Land modelou o seu momento perpétuo, quando fundou a Ordem DeMolay em 1919. Que melhor tributo poderia testemunhar um Grande homem do que o número incalculável do de DeMolays que ainda praticam os princípios diários que aprenderam no altar de seu Capítulo DeMolay?

XXVII CEOD-PB
Faltam
para o XXVII CEOD-PB
Faça já sua inscrição
Topo